Fidelidade ou Abandono

FIDELIDADE OU ABANDONO

Leitura: Mateus 26:47–58

E logo, aproximando-se de Jesus disse: Salve, Rabi. E o beijou. Jesus, porém, lhe disse: Amigo, a que vieste? Nisto, aproximando-se eles, lançaram mão de Jesus e o prenderam.” (vv. 49, 50)

Reflexão

Jesus predissera que um dos discípulos o entregaria às autoridades judaicas para ser condenado. Coube a Judas Iscariotes essa ignóbil tarefa, mas os restantes também o abandonaram cobardemente. Até mesmo Pedro, que daria a vida pelo Senhor, procurou dissimular ser Seu discípulo. Até onde chega a fraqueza humana! Em momentos de perigo um homem é capaz de trocar o seu amigo pela sua segurança.

E nós?! Estamos prontos a deixá-lo à primeira dificuldade e a seguir o nosso próprio caminho para salvar o físico? Se assim for, salvaremos o corpo, mas perderemos a alma. Avaliemos, agora mesmo, o que será mais importante, a alma ou o físico. Se o físico tiver maior importância para mim, na primeira crise trocarei Jesus. Se, pelo contrário, a alma for mais importante, permanecerei fiel ao Senhor e seguí-lo-ei devotadamente.

Embora Jesus pudesse suplicar ao Pai doze legiões de anjos para lutarem por Ele, rejeitou essa acção e sujeitou-se a carregar a cruz que Lhe tinha sido imposta. O Senhor aceitou perder a Sua vida em meu lugar, não seria eu capaz de perder a vida por Ele?! Quantos já a perderam para que nós tivéssemos esta gloriosa salvação! Por isso figuram entre os que estão na galeria da fé. Porque quem quiser salvar a vida perdê-la-á, mas quem a perder por amor ao Senhor salvá-la-á para a vida eterna.

Serei fiel meu Senhor. ajuda-me neste processo diário. Amém.

Ler + em Pão da vida

Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline