Posts Tagged ‘santidade’

A Santificação

San­tifi­cação, do grego “agias­moj” (agias­mos), tem o sen­ti­do de sep­a­rar do peca­do e con­sagrar ao serviço exclu­si­vo de Deus. Sig­nifi­ca sair da tutela de Satanás e ficar sob a sobera­nia de Deus. Enquan­to a jus­ti­fi­cação descreve o lado divi­no da san­tifi­cação, a con­ver­são descreve o lado humano que envolve a per­son­al­i­dade total, int­elec­to, emoções, e von­tade. A con­ver­são tem o sen­ti­do de volver, virar, voltar em sen­ti­do opos­to. Quem se vestiu do novo homem deixa de ter motivos para man­ter Read more

O Rapto dos Santos

O RAPTO DOS SANTOS A vol­ta de Cristo não acon­te­cerá até que se cumpra o que está descrito em 2 Ts. 2. 3–8: “Ninguém de maneira algu­ma vos engane; porque não será assim sem que antes ven­ha a apos­ta­sia, e se man­i­feste o homem do peca­do, o fil­ho da perdição, o qual se opõe, e se lev­an­ta con­tra tudo o que se chama Deus, ou se ado­ra; de sorte que se assen­tará, como Deus, no tem­p­lo de Deus, queren­do pare­cer Deus. Não vos lem­brais de que estas coisas vos dizia quan­do ain­da esta­va con­vosco? Read more

O Carácter da Igreja I

O carác­ter da Igre­ja. “Cristo amou a igre­ja, e a si mes­mo se entre­gou por ela, para a san­tificar; Read more

Aspectos da Santificação

A san­tifi­cação tem dois aspec­tos fun­da­men­tais: o inter­no, que é oper­a­do pelo Espíri­to San­to, medi­ante a fé, e o exter­no, sendo oper­a­do pro­gres­si­va­mente, pela von­tade do  indi­ví­duo. A san­tifi­cação inter­na é efec­tu­a­da através da purifi­cação de todos os peca­dos no momen­to da con­ver­são, enquan­to a san­tifi­cação exter­na con­s­ta de um proces­so con­tín­uo que requer obe­diên­cia aos altos padrões divi­nos. 1. A san­tifi­cação inter­na pro­cede de Deus. No instante da man­i­fes­tação de fé no Read more

O CRISTÃO e o ESPELHO

Leitu­ra: Tia­go 1:19–27 “Pois se alguém é ouvinte da palavra e não cumpri­dor, é semel­hante a um homem que con­tem­pla no espel­ho o seu ros­to nat­ur­al, porque se con­tem­pla a si mes­mo e vai-se, e logo se esquece de como era.” Reflexão O escritor chama a nos­sa atenção para o fac­to de exi­s­tir um espel­ho espe­cial que rev­ela a ver­dade acer­ca de cada pes­soa. Quan­do o após­to­lo Paulo se com­parou com o amor e a pureza de Cristo, ele perdeu a esper­ança na jus­ti­fi­cação própria e con­fes­sou que aqui­lo Read more
SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline