O SOL DA JUSTIÇA

Leitura: Malaquias 4:1–6

Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, trazendo salvação nas suas asas; e vós saireis e saltareis como bezerros da estrebaria.” (v. 2)

Reflexão

O sol é uma estrela com luz própria que alumia toda a nossa galáxia. João definiu Jesus como a luz do mundo. Ele próprio afirmou ser a luz do mundo, e que quem o segue vive na luz. Quando, no princípio, Deus disse para haver luz, houve separação entre as trevas e a luz, passando a ser dia e noite. Enquanto as trevas são propícias às más acções, a luz é própria para a realização das boas acções.

Jesus veio com a justiça de Deus a fim de nos justificar de todo o pecado, cometido no reino de trevas. Ao declarar-nos justos transportou-nos para o reino da luz a fim de vivermos na luz da Sua justiça. Assim como a luz alumia o nosso caminho para nos afastarmos do perigo, também a prática da justiça no desvia da perdição.

Os raios do sol fornecem certas propriedades para que a vida seja possível na terra. Jesus afirmou que veio para que desfrutemos vida abundante. Quem está exposto à influência de Cristo tem a vida eterna porque nele está a essência da vida. Assim com a exposição ao sol produz crescimento regular, também a comunhão com Cristo causa desenvolvimento espiritual até atingir a sua imagem. Os raios solares influem na cura de doenças. Igualmente Cristo tem cura para os enfermos que se abeiram dele. O calor solar alegra os animais do campo, que saltam de contentamento. Também os seguidores de Cristo vivem jubilosos, devido à prática da justiça.

Oração

Agradeço, meu Senhor, pela luz que nos alumia, tanto física com espiritual; pois sem ela a vida seria impossível.

Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline